top of page

Por que optei por me inscrever como RNAAT em vez de RNAVT: Uma decisão financeira consciente...

Como muitos empreendedores que sonham em ingressar na indústria do turismo, deparei-me com a difícil decisão de escolher entre registrar-me como RNAAT (Registo Nacional dos Agentes de Animação Turística) ou RNAVT (Registo Nacional dos Agentes de Viagens e Turismo). E embora a RNAVT tenha oportunidades mais emocionantes, acabei por optar pela primeira devido a razões financeiras, o que trará ligeiras alterações ao plano e às atividades que posso oferecer aos meus clientes e amigos.


Para muitos, o RNAVT não parece ser o caminho mais óbvio a seguir, no entanto, ele permite oferecer aos clientes uma ampla gama de serviços, desde a organização de viagens e o mais importante à reserva de alojamento e transporte entre locais. No entanto, ao mergulhar nos detalhes do processo de registo, deparei-me com um obstáculo significativo: o investimento inicial necessário é bastante elevado. O custo para obter todas as licenças, seguros e taxas para o RNAVT pode facilmente ultrapassar os 20.000€, uma quantia substancial que simplesmente não está ao meu alcance neste momento. Embora esse seja o meu maior desejo!


Diante desta realidade financeira, decidi explorar a única alternativa possível, inscrever-me no RNAAT. Este registo permite que os operadores turísticos ofereçam uma variedade de atividades de animação turística, como passeios pela natureza, observação de aves, e muito mais. Embora as opções de serviços sejam um pouco mais limitadas em comparação com o RNAVT, ainda assim oferecem uma oportunidade emocionante de explorar e compartilhar as maravilhas do nosso país com os turistas. Ao escolher inscrever-me como RNAAT, escolhi expandir o meu negócio sem comprometer as minhas finanças. Embora este percurso seja diferente do que inicialmente planeei, estou entusiasmado com as possibilidades que esta decisão oferece e com o que eu posso fazer. Afinal, o que importa é a paixão e o compromisso em proporcionar experiências turísticas autênticas e memoráveis aos viajantes que escolhem explorar Portugal.


Embora o investimento inicial para me tornar uma agência de viagens seja proibitivo de momento, a ideia não desapareceu e irei explorar outras formas de poder fazer o que mais gosto. O que fico então impossibilitado de fazer:

  • Marcação de Alojamentos

  • Marcação de Viagens de Avião, Comboio ou Ferry

  • Transporte de Clientes em dias sem atividade (do aeroporto para o alojamento, entre outros)

  • Reservas de eventos, abrigos ou restauração

  • Entre outros


Estas impossibilidades significa que não poderei entregar um produto chave na mão, que não será possível marcarem uma semana de passeio comigo. Apenas marcar dias individuais, mesmo que consecutivos. Ficando a cargo do cliente a marcação do alojamento, o que implica em alguns casos terem de fazer deslocações até ao ponto de partido. O que nem sempre é o ideal. Este é o cenário atual. E infelizmente, não poderei disponibilizar todos os pacotes que tenho vindo a preparar. Mas o sonho não morreu. Só preciso de mais um bocadinho de tempo e determinação.


No final do dia, o sucesso no turismo não é determinado pelo tamanho do investimento inicial, mas sim pela qualidade das experiências que proporcionamos aos nossos clientes. Obrigado e todos e conto ver-vos em algumas atividades.


Diogo Oliveira




228 visualizações

Comments


bottom of page