• Diogo Oliveira

Guarda-rios - Como Fotografar Ep. 2 | Vídeo


Olá, bem-vindos ao meu blog onWILD. Nele vais poder encontrar variadas informações e temáticas que podes explorar à vontade. Sempre que tiveres alguma dúvida podes entrar em contacto comigo, tanto sobre biologia como sobre fotografia. Desta vez vou falar sobre fotografar o guarda-rios (Alcedo atthis)


1. Estudar o Assunto

A primeira dica é estudar o assunto, o guarda-rios neste caso prefere zonas com água, sejam charcas, rios, ribeiras ou albufeiras, e por vezes até no mar.


2. Ir ao Terreno

Para escolher os melhores locais temos de ir para o terreno. Isto porque o guarda-rios se alimenta de peixes, e por isso, para além de água tem também de possuir o seu alimento. Aproveitem também para tentar observar o seu comportamento para facilitar a escolha do local para colocar o abrigo.


3. Planeamento

Depois de escolherem os melhores locais devem planear tendo em consideração a orientação do sol, tendo em consideração a distância aos poleiros que vão introduzir e ao fundo que conseguem nas fotografias.


4. Montagem

Devem escolher os poleiros mais simples, não devem arrancar ou cortar troncos. Devem procurar por poleiros no chão, ou escolher árvores que possuem muitas ramificações e por isso, menos um tronco não a vai afectar negativamente. Devem ser poleiros com um diâmetro menor que as patas da ave que vão fotografar.


5. Definições da máquina

Lembrem-se de escolher a maior abertura (f/5.6), de escolher uma velocidade alta (acima de 1/500) e um ISO baixo (abaixo de 1000). Com o aumento da luz do dia devem fazer variar o ISO e a velocidade, e não a abertura. Verifiquem constantemente as definições. E não se esqueçam de fotografar na vertical também.


Irei partilhar mais vídeos sobre outras espécies, subscrevam e fiquem atentos.

Diogo Oliveira