• Diogo Oliveira

Ponta da Erva, RNET | Espaços para Fotografar

O QUE É

A Ponta da Erva é um conjunto de terrenos das lezírias que ficam no rio Tejo, inseridas na Reserva Natural do Estuário do Tejo. Os terrenos são praticamente planos e com uma ou duas árvores em toda a sua extensão. E são considerados um dos melhores locais para observar e fotografar aves. Nos meus primeiros anos como fotógrafo percorri várias vezes a zona da Ponta da Erva, sendo dominada por agropecuária. Nos últimos anos a utilização do espaço sofreu diversas modificações, tendo aumentado a área de arrozal e sido criado o espaço EVOA, que podem consultar num outro post (link).


O truque para conseguir fotografar neste local é percorrer as estradas principais de veículo a uma velocidade baixa e ir fotografando as aves que se encontrem nas vedações ou poisadas perto da estrada. Entre as aves mais comuns temos a fuinha-dos-juncos e o trigueirão, na zona dos arrozais vão encontrar as várias espécies de garças, nas valas podem encontrar o guarda-rios. Também é um local muito procurado para fotografar as corujas-das-torres durante a noite.


QUANDO VISITAR

Podem visitar este espaço todo o ano. Tanto de inverno como durante a época de reprodução vão encontrar diversas espécies para fotografar.


COMO CHEGAR

O acesso é feito por um dos portões de acesso, caso não tenham o cartão de acesso devem fazer o pedido à Associação de Beneficiários da Lezíria Grande. O portão mais fácil de chegar é o portão que usualmente está aberto por causa do EVOA, o portão do Cabo para lá chegar pode colocar no GPS as seguintes coordenadas: 38°57'02.6" N 8°58'17.8" O ou 38.950730, -8.971612, ou seguir o link para o google maps. Os restantes portões localizam-se ao longo da reta do cabo (N10).