• Diogo Oliveira

Missão: Sucesso a Fotografar o Guarda-rios, Aves de Portugal

5 da manhã, o despertador toca freneticamente num local onde o silêncio e a tranquilidade é a ordem. Ainda o Sol estava completamente escondido e já eu saia para mais uma aventura. Dirigi-me para o abrigo na charca, ainda estava de noite, mas como conheço os caminhos e trilhos sigo no encalço e na escuridão da noite até ao abrigo, fazendo o mínimo de barulho. O sol tinha acabado de nascer e já este pequenote estava a mergulhar perto do abrigo. O guarda-rios, Alcedo athis, pesca a alta velocidade e utiliza vários poisos diferentes, foi então que surgiu no tronco que se encontra perto do abrigo mas a luz era nula, o sol estava ainda no horizonte e não tinha força suficiente. Pensava que nunca iria conseguir fotografá-lo neste local.

Por sorte ele voltou a aparecer quando a luz estava perfeita e permitiu-me tirar-lhe várias fotografias. Depois fez algo ainda mais inacreditável, conseguiu pescar um peixe e voltou para o poleiro. A água está verde, e o local da captura não foi diretamente abaixo dele mas cerca de 4 metros mais à frente, nunca tinha presenciado esta magnifica habilidade (de capturar o peixe longe do poiso e não diretamente abaixo).