• Diogo Oliveira

Missão: Truques para Fotografar Gansos-patolas, Aves de Portugal


Ganso-Patola ou Alcatraz

Northern Gannet

Morus bassanus

Ordem: Ciconiiformes

Família: Sulidae


Os juvenis possuem uma coloração castanha pintalgada durante o primeiro ano, e vão ficando gradualmente mais claros até atingirem a maturidade ao fim de cinco anos. Os adultos medem entre 87-100 cm de comprimento e tem uma envergadura entre 165-180 cm. Possuem uma plumagem branca com a ponta das asas negras, o seu bico e os seus olhos são de coloração azul-clara, e os olhos encontram-se circundados por pele negra. Possuem os quatro dedos unidos por uma membrana interdigital. Durante a época de reprodução, tanto a cabeça como o pescoço ficam com tons amarelados.


Nidificam em penhascos sobre o oceano Atlântico Norte ou em ilhas rochosas, formando grandes colónias, a maior delas possui mais de 60.000 indivíduos (ilha Bonaventure, em Quebec), mais de metade da população mundial reproduz-se ao largo da costa da Grã-Bretanha. Os casais podem permanecer juntos por muitos anos, e realizam rituais de saudação nos ninhos.


São aves migratórias e durante o Outono viajam para o sul do Atlântico, podendo ser observados em Portugal. Voam em formação linear de dois a algumas dezenas de indivíduos. É abundante ao longo de toda a costa portuguesa, sendo facilmente detectado a partir de terra. As melhores épocas de observação são os picos de passagem migratória em Outubro e Março, mas ocorre durante todo o ano. É uma das aves marinhas mais comuns e também uma das que se pode observar em todo o litoral português.


Comem pequenos peixes agrupados em cardumes à superfície e para isso realizam mergulhos espectaculares a alta velocidade, podendo atingir os 40 metros de profundidade, entrando na água como um míssil e com grande impacto. São voadores poderosos e ágeis, mas muito desajeitados durante as descolagens e aterragens.


Locais onde se podem observar

- Douro e Minho: frente à foz do Cávado e litoral de Esposende e frente ao estuário do Douro.

- Litoral Centro: cabo Carvoeiro, Berlengas, praia do Furadouro, cabo Mondego e Barra de Aveiro.

- Lisboa e Vale do Tejo: cabo Raso e cabo Espichel.

- Costa Vicentina: cabo Sardão e cabo de Sines.

- Algarve: cabo de São Vicente, ponta da Piedade, cabo de Santa Maria (ria Formosa) e ponta da Atalaia-Aljezur.